Benefícios da carne suína na alimentação humana

Atualmente a carne suína é a carne animal mais consumida no mundo, representando um total de 39%, ou seja, quase metade da oferta total de carnes consumida, é suína. Os países europeus são os campeões mundiais de consumo, os três países que mais consomem são Áustria 73 kg/ano, Espanha 67 kg/ano e Dinamarca com 64 kg/ano. Já o consumo de carne suína no Brasil é de apenas 13 kg/ano.

A carne suína além de ser muito saborosa, é rica em nutrientes e oferece muitos benefícios para a saúde humana. Contudo, muitas pessoas desconhecem estas informações, e geram alguns conceitos equivocados, esquecendo que além de saborosa, ela é também saudável.

Excesso de gordura, alto colesterol e uma carne que transmite doenças. Esses são alguns dos conceitos que muitas pessoas têm da carne suína, mas não passam apenas de mitos, pois atualmente o investimento em tecnologia na criação de suínos com menor teor de gordura, colesterol e calorias é alto. Através de grandes avanços obtidos pela suinocultura moderna, temos um alimento que atende todas as exigências, que diminuiu de forma progressiva a gordura e o colesterol da carne.

Pesquisas mostram a importância do consumo da carne suína para o tratamento de doenças como, hipertensão arterial e anemia. Uma das virtudes da carne suína é o seu teor de potássio, pois ele ajuda a regular os níveis de sódio no corpo, exigindo menos sal para consumo. A carne suína é também recomendada para crianças em fase de crescimento, pois ela apresenta proteínas de alto valor biológico, ácidos graxos monoinsaturados, vitaminas do complexo B, ferro e selênio. Dessa forma a carne suína deve ser mais uma opção nutricionalmente adequada ao cardápio escolar, pois seus nutrientes são indispensáveis para o crescimento progressivo de crianças nessa idade escolar.

No suíno atual, 70% da gordura suína está situada abaixo da pele (toucinho) e apenas 30% no restante do corpo entre os músculos. A gordura do suíno pode ser encontrada em uma camada bem definida, e assim, fica fácil removê-la antes de seu cozimento, diminuindo mais ainda os teores de gordura.

Portanto são muitos os mitos que envolvem a carne suína, mas atualmente todos desmistificados. A suinocultura atual atende as novas demandas do mercado, e busca satisfazer todos os consumidores, produzindo produtos saudáveis e diferenciados. Pesquisas científicas comprovam que a carne suína produzida hoje no Brasil tem 54% a menos de gordura do que a carne de porco de 40 anos atrás. E seu teor de colesterol não é mais elevado que a maior parte das outras carnes (bovina, frango), pois em comparação às outras carnes, o lombo suíno, por exemplo, é mais magro que a carne de coxas de frango, e tão magra quanto peito de frango. Sendo assim, a carne de suíno magra, como o lombo, tem 34% menos colesterol do que um frango sem pele.

Por Carlos Francisco Geesdorf, Presidente da Associação Paranaense de Suinocultores.

 
10 | 04 | 2014
25 | 03 | 2014
17 | 12 | 2013
29 | 05 | 2013
23 | 05 | 2013
14 | 05 | 2013
06 | 05 | 2013
04 | 05 | 2013
03 | 05 | 2013
26 | 04 | 2013
24 | 04 | 2013
18 | 04 | 2013
05 | 04 | 2013
26 | 03 | 2013
12 | 03 | 2013
11 | 03 | 2013
08 | 03 | 2013
27 | 02 | 2013

------  MAIS NOTÍCIAS  ------

Preço Suíno (Independente)

Bolsa de Suínos  R$ 3,30
Toledo R$ 3,27
Cascavel R$ 3,20
Pato Branco R$ 3,25
Guarapuava R$ 3,35
Irati R$ 3,35
Suíno . com - PRR$ 3,40 
Leitão-Toledo R$ 5,15
Carcaça - Bolsa R$ 5,40

Farelo Soja-Média/PR-Ton-Fob

Ensacado   R$   1.180,00 
Peletizado  R$   1.140,00    

Milho e Soja (Saca 60 Kg)       

Agrolink             Milho      Soja

Paranaguá R$ 29,50  R$ 69,50
Ponta Grossa R$ 25,29  R$ 64,37

Scot-Consult     Milho       Soja

Paranaguá  R$ 28,50  R$ 72,50
Ponta Grossa  R$ 28,70  R$ 69,50

Atualizado em 17/04/2014

____________________________


Criação de suínos caipiras

 

Tender


ASSOCIAÇÃO PARANAENSE DE SUINOCULTORES - APS
Rua Conselheiro Laurindo, 809 - Sala 910 Centro
Curitiba - PR CEP: 80.060-100
Telefone: (41) 3223-1207 Fax: (41) 3223-1535
E-mail: aps@aps.org.br
su aritma su aritma su aritma su aritma su aritma